Thursday, 17 September 2009

Agora com os dias mais curtos...


O que fazer depois da escola?
Agora que o Sol parece perder um pouco do seu brilho e calor, que as férias acabam e que o emprego de todos os dias parece espreitar ao virar da esquina, é tempo de pensar no que vão fazer os mais pequenos nos dias cinzentos que se avizinham.

Desporto depois da escola, pintura no intervalo da natação ou aprender línguas por correspondência enquanto estuda piano podem parecer boas alternativas, mas apenas vão servir para que o seu filho esgote todas as energias.


Acima de tudo há que pensar com moderação nas actividades que pode e deve proporcionar ao seu rebento, tendo em conta a idade deste.


Antes dos cinco anos estão recomendados os exercícios que favoreçam a coordenação motora, que muitas escolas proporcionam através de jogos de conjunto e ginástica geral. Para actividade extra-curricular pode escolher a natação, algo que eles adoram e que ajuda a controlar a respiração para além dos benefícios para a saúde, mas que deve ser evitada por crianças com problemas de ouvidos.


Apenas depois dos cinco anos é que a criança deve ser inscrita em actividades que exigem uma formação específica como o ballet, as artes marciais e a ginástica desportiva.


E por muito que queira ser mãe de um Boris Becker ou de uma Stephie Graaf, o ténis só é aconselhável depois dos seis ou sete anos e a equitação, para os mais privilegiados, deve apenas fazer parte do currículo a partir dos oito anos, de forma a evitar possíveis problemas de coluna que este desporto pode provocar.


Mas nem só de desporto vive a criança e se ela não gostar mesmo nada de ginásios e piscinas, pelo menos nos primeiros anos, opte por outras actividades igualmente cativantes. Aulas de música a partir dos cinco anos, deixando-lhe a escolha do instrumento pode ser uma solução para os tempos livres, mas não pretenda fazer dele um Bach se não tiver ouvido para a música. Cada qual é talhado para o que sabe fazer melhor.


Entre os três e os cinco anos de idade não são precoces as actividades ligadas à pintura e às línguas, altura em que a criança está mais receptiva para a aprendizagem de novas formas de linguagem, ou levá-la para a biblioteca onde pode encontrar jogos didácticos ligados com a leitura.


Mas não deixe que estas actividades lhe roubem o precioso tempo que deve passar com os seus filhos, porque não há actividades que substituam esses momentos.


tirado daqui

No comments: